AUTORES

Julho 05 2014

 

 

POSTAL DE PARABÉNS POR ANIVERSÁRIO, A QUEM ESTÁ DOENTE COM PERSPECTIVAS DE UMA HOSPITALIZAÇÃO

 

Caro Leitor

 

Acompanhei certo dia um amigo na sua ida ao hospital, aonde ia com perspectivas pouco animadoras, talvez mesmo para internamento. Íamos a caminho do autocarro, e eis que ele imprevistamente passou por nós, pelo que, por menos de meio minuto, não foi possível cumprir o desejado. Sabendo quanto o meu amigo precisava de chegar o mais cedo possível ao hospital, eu bradei : Oh! que pena!

Porém, o meu amigo não se mostrou muito contrariado. Como que falando para o autocarro, disse em boa voz: Vai com Deus e em paz, que eu fico em paz e com Deus! Achei substância ao dito, mas também uma certa graça, pelo que não pude evitar uma discreta risada.

Quase a repreender-me, disse o meu amigo: Não te rias, fico com Deus a desejar, a quem lá vai, boa viagem, que todos tenham a saúde e tudo o que quero de bom para mim. Sinto que a melhor maneira de rezar a meu favor é rezar primeiro a favor dos outros. Quando temos pensamentos de amor e paz, é o Espírito que está a habitar em nós.

 

Prezado leitor ou leitora. Também eu agora estou com Deus a acompanhar, à distância, o seu sofrimento, em pensamento que é uma oração pelo seu feliz restabelecimento, ao mesmo tempo que lhe desejo que, apesar de tudo, tenha um feliz aniversário. Não nos podemos eximir ao sofrimento, pelo que mais do que pedir ver-nos livres dele, devemos pedir que ele nos torne mais humanos; que as lágrimas que não pudermos evitar purifiquem a nossa vista, para vermos o que os outros também sofrem; que nos seja dada muita paciência e humildade para suportar benignamente algumas noites de insónia ou mesmo de agonia. 

E, então, caro leitor ou leitora, brevemente regressará a casa, feliz e em paz com Deus, para a Deus agradecer o que de mau já passou e pela presença da família e de muitos amigos. Irá ter motivos e oportunidades de ter muitos sorrisos, para ser optimista e ter coragem para novas provações que de futuro possa vir a ter, sempre com a presença do Espírito a habitar em si.

Confio no que me ensinou o meu amigo: quando falamos aos outros com sinceridade e amor, não somos nós a falar, é o Espírito, é Deus que fala por nós.

Tal com o sucedeu com o meu amigo, terá um bom restabelecimento, seguido de muita saúde e felicidade ainda em longa vida, para, sempre em festa, continuar a celebrar com alegria o seu aniversário. São estes os nossos desejos, a melhor maneira de jubilosamente lhe apresentar os nossos parabéns.

Em meu nome e em nome do PAZ

 

laurindo.barbosa@gmail.com

 

publicado por Fri-luso às 20:49

Laurentino Sabrosa
Image Hosted by ImageShack.us
Europa
Europa
pesquisar